Nasa descobre exoplaneta potencialmente habitável


Após muitas buscas por planetas com status parecidos com o da Terra, a Nasa achou o TOI 700 d, o planeta se encontra há 100 anos-luz de distância do nosso planeta e possui condições climáticas variáveis orbitando até mesmo uma estrela um pouco maior que o sol.


De acordo com a Nasa, o novo planeta é 20% maior do que a Terra, completa uma orbita a cada 37 dias e recebe de sua estrela 86% da energia que o Sol fornece ao nosso planeta.


O TESS (telescópio orbital da NASA) foi lançado ao espaço em 2018 e tem o objetivo de cobrir quase todo o céu e possibilitará muito mais descobertas, talvez até 80 planetas com condições diferentes. Para fazer isso o telescópio utiliza uma série de câmeras de campo amplo para realizar uma pesquisa em todo o céu para estudar a massa, tamanho, densidade e órbita de um grande grupo de pequenos planetas, incluindo uma amostra de mundos rochosos em zonas habitáveis de suas estrelas hospedeiras.

Apesar do TOI 700 D ter sido confundido como uma estrela tipo o sol pelo TESS, achando que o planeta fosse muito mais quente do que é, os pesquisadores descobriram que na verdade o planeta é muito mais parecido com a Terra do que se parece e logo anunciaram a novidade.


As informações passadas do TOI 700 D aumentam ainda mais o nosso conhecimento sobre o que esta ao nosso redor no espaço e alimenta também a base de dados do Telescópio espacial James Webb que terá um objetivo um pouco diferente do TESS. O objetivo principal será coletar dados sobre a radiação infravermelha das primeiras galáxias e estrelas ,basicamente para pesquisar sobre a origem de cada uma, o lançamento do telescópio aprimorado será em 2021 e carrega um objetivo promissor para a ciência.


Confira um vídeo que mostra como funciona o TESS:



  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram ícone social
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest-PWA-Icon-Kopie