Estação de Pesquisa Brasileira na Antártica é Reinaugurada

Nessa quarta-feira (17/01/2020), foi reinaugurada uma base cientifica para desenvolver projetos de várias áreas sendo consideravelmente sustentável ela recebeu o nome de Estação Antártica Comandante Ferraz , começou a operar em 1984 e foi levada a Antártica em módulos por um navio da marinha brasileira tendo também sido afetada por um incêndio em 2012.

O evento teve a presença do Vice presidente Hamilton Mourão e os ministros (tecnologia, ciências e inovações), ambos discursaram sobre o avanço que isso representa ao Brasil e sobre os estudos climáticos e ambientais no frio extremo da Antártica. Foram feitas homenagens aos militares que morreram tentando combater o incêndio na base e uma homenagem feita ao Antônio Carlos Rocha importante brasileiro nas pesquisas antárticas .

A estrutura conta com quartos, refeitório, oficinas, ambulatório, garagem e até um sistema de comunicação que permite ter internet em um lugar isolado como esse. A estão conta com até 20 laboratórios e tem alta relevância cientifica sendo considerado uma das maiores estações da Antártica e nela será possível realizar pesquisas para desenvolver pesquisas únicas ou até para avisar de possíveis desastres ambientais relacionados as geleiras.


Vale lembrar que a Antártica possui muitos segredos onde até pode ser possível achar novos tipos de organismos já que o frio extremo mantem eles intactos e uteis para pesquisas. As superbactérias são extremamente resistentes a medicamentos e são frequentemente um mistério a ser estudado pela ciência, com essa base será possível extrai-las e estuda-las para desenvolver medicamentos que inibem a ação delas em nossos organismos futuramente.

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram ícone social
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest-PWA-Icon-Kopie