Conheça a nova Mão Robótica desenvolvida para amputados

Cientistas da EPFL estão desenvolvendo grandes melhorias para o controle de mãos robóticas que obedecem o movimento do usuário, dessa forma no futuro será possível que amputados façam diversos movimentos de forma precisa e rápida. Esse projeto já anda sendo comentado e anda se saindo bem em alguns testes feitos pela Nature Machine Intelligence com pessoas saudáveis e pessoas que foram amputadas e estavam em um processo de reconhecimento de movimentos da mão robótica.


Essas mãos medicas são resultados da bioengenharia que envolve decifrar o movimento dos dedos a partir da atividade muscular no coto do amputado para o controle individual dos dedos da mão protética, o que nunca foi feito antes. A robótica,é outra grande responsável pelo futuro desse projeto afinal ela permite que a mão ajude a segurar os objetos e mantenha contato com eles firmemente.


Assista esse vídeo da EPFL mostrando os testes realizados:



Para que isso tudo acontecesse, foi criado um algoritmo para automação robótica entre em ação quando o usuário tenta agarrar um objeto. O algoritmo diz à mão protética para fechar seus dedos quando um objeto está em contato com sensores na superfície da mão. Este agarramento automático é uma adaptação de um estudo anterior para braços robóticos concebidos para deduzir a forma dos objetos e agarrá-los com base apenas na informação táctil, sem a ajuda de sinais visuais.


Muitos desafios permanecem para projetar o algoritmo antes que ele possa ser implementado em uma mão protética comercialmente disponível para amputados. O dispositivo segue em testes e mesmo não sendo exatamente a primeira mão robótica, sua funcionalidade é um grande fruto de união entre movimentos humano e robóticos, sendo a primeira invenção que une essas duas grandes habilidades, que ainda darão um grande futuro para quem necessita delas.



  • LinkedIn ícone social
  • Facebook
  • Instagram ícone social
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest-PWA-Icon-Kopie